Município no combate a leishmaniose e ao mosquito Aedes Aegypti

Município no combate a leishmaniose e ao mosquito Aedes Aegypti

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

As ações foram feitas pela Equipe de Combate a Vetores do município, com objetivo de alertar as pessoas sobre Prevenção e Controle da Leishmaniose Visceral e o mosquito Aedes Aegypti, Prevenção é nossa responsabilidade”.

Durante as Atividades foram feitas Ações pelos Agentes nas Unidades Escolares, como por exemplo:

• Informação a Alunos e Professores;
• Entrega de Panfletos;
• Manejo Ambiental (auxilio a limpeza de quintais);
• Visitas a terrenos baldios;
• Ações para prevenir sobre possíveis transmissores (cães e gatos).

A preocupação maior é que nossa região vem registrando casos da doença, e o mosquito transmissor (FLEBOTOMO ou MOSQUITO PALHA) está se espalhando com muita facilidade. Sem contar também o grande risco da dengue.

Destacando o que realmente deve ser feito, dado que esta espécie de mosquito se desenvolve em locais com matéria orgânica em decomposição, lixeiras, fezes de animais, restos de construção e montes de folhas acumuladas. E o mosquito da dengue em agua parada como todos já sabem.

O que é pedido pelos Agentes é que cada um cuide de seu quintal, terreno baldio, limpando diariamente e se for o caso informando possíveis locais onde possa haver criadouros.

Contamos também com atenção da população porque está se aproximando períodos chuvosos.